sexta-feira, 16 de março de 2012

Comunicado à População - Março de 2012

Depois das Urgências do SAP querem fechar Freguesias, o Tribunal… e mais o quê?

Centro de Saúde de Almodôvar
A população de Almodôvar não é cega e vê que já fecharam no Centro de Saúde de Almodôvar – o serviço SAP (Serviço de Atendimento Permanente) ou Urgências.
Fruto das políticas centrais cegas às necessidades locais e às dificuldades do nosso concelho, decidiram que os Almodovarenses teriam de prescindir do seu serviço de urgências, em nome de uma estratégia de combate à crise que os Almodovarenses não criaram.
O Bloco de Esquerda – Almodôvar não vê com bons olhos este encerramento que em nada favorece a nossa população e tem propostas, pois acredita que os Almodovarenses podem e devem ter melhor.

Os Almodovarenses não são distraídos e sabem que se pretende acabar com as Freguesias de Gomes Aires Senhora da Graça de Padrões.
Resulta, mais uma vez, de uma decisão tomada pelos partidos PS/PSD/CDS-PP que, no papel de profetas da desgraça, assinaram o Memorando da Troika (FMI/BCE/CE) onde está a extinção de Freguesias.
É entendimento do Bloco de Esquerda – Almodôvar que melhor é possível. A população Almodovarense, uma vez mais foi ignorada pela maioria dos seus representantes na Assembleia Municipal que chumbaram a moção apresentada pelo Bloco de Esquerda contra a extinção destes órgãos, com a agravante de os presidentes destas mesmas Juntas de Freguesia se remeterem ao silêncio, através da abstenção, denotando a indiferença relativamente à extinção das “suas” freguesias.
O Bloco de Esquerda defende que, a extinção de Juntas de Freguesia ou quaisquer outros tipos de alterações ao ordenamento do território deve ser alvo de referendo popular – única forma de dar voz aos eleitores.
Os Almodovarenses estão atentos e sabem que pretendem fechar o Tribunal de Almodôvar.
Porque é necessário poupar, os governos mandam fechar… Mas a poupança não é verdadeira e transferem o custo de uma Justiça que não é barata directamente para os bolsos dos contribuintes, afastando-a ainda mais de quem poucos recursos tem.
O Bloco de Esquerda – Almodôvar entende que assim não pode ser. Por isso apresentou na última Assembleia Municipal, em 24 de fevereiro de 2012, uma moção contra o encerramento do Tribunal que recebeu o voto contra dos eleitos do PSD e a abstenção do PS. Mais e melhor justiça são possíveis! Os Almodovarenses não têm que ser o bode expiatório deste governo PSD/CDS-PP autista e que cegamente corta, só porque sim.

A seguir tiram-nos o quê?
O Serviço de Finanças? Os Correios? A Segurança Social?
É por causa da Troika, dizem. Temos de fazer sacrifícios…
Só não dizem que foram os que assinaram o acordo que tudo nos tira – PS/PSD/CDS-PP – a comprometeram-se com a Troika a “queimar” tudo quanto restava. E, para amedrontar, dizem que ainda podia ser pior…
O Bloco que Esquerda acredita que tudo podia ser melhor e ainda é possível, caso fossem adoptadas medidas como:

·         Criar impostos sobre contas off-shore
·         Renegociar a dívida
·         Taxar as grandes fortunas
·         Acabar com os benefícios para os que mais têm
·         Deixar de penalizar todos os que fazem do seu trabalho o seu sustento.



Almodôvar, Março de 2012